sábado, 19 de outubro de 2013

Do que é meu sem ser







Ao ler um livro tenho o costume de rasurá-lo em trechos que considero importantes. Acontece que depois de muito tempo de lido, lembro apenas vagamente de algumas passagens grifadas -  e de outras que esqueci de grifar - e fica um pouco difícil ou custoso encontrar meus grifos. Decidi, então, criar este espacinho para colacionar trechos bonitos e/ou interessantes dos livros que estiver lendo. Posteriormente, talvez, acrescente trechos de livros que li anteriormente a esta nova morada do que é meu sem ser.








Nenhum comentário:

Postar um comentário